Total de visualizações de página

domingo, 12 de dezembro de 2010

GRAVIDEZ A ATIVIDADE CRIADORA SUPREMA



Em nossa família temos duas gravidinhas minha querida irmã Gislene e minha prima fofa Jéssica é para voceis essa mensagem e para a todas as gravidas que acessão o blog e mães e mulheres...
A descri~ção b´blica da gestação não reconfortantes. desde o tempo da desobediência de Eva, Deus deixou claro: "Multiplicarei sobremodo os sofrimentos da tua gravidez; em meio de dores darás à luz filhos (Gn 3.16).
Qualquer mulher que já tenha suportado os enjôos dos primeiros meses da gravidez ou as dificuldades dos três últimos meses, que parecem interminavéis, sabe muito bem o que Deus quis dizer. As provações das gestações,porém, produzem resultados extremamente positivos.
Em primeiro lugar, essa situação pode produzir na mãe a paciência, que será de importância vital depois que seus filhos nascer. A paciência materna, por sua vez, pode tanto acalmar quanto fortalecer a criança. Por outro lado, a mulher que se enche de raiva ou de autocomiseração durante a gestação pode fazer mal tanto a si mesma como a criança. Em segundo lugar, a dor e o desconforto da gestação servem apenas para intensificar a alegria associada ao nascimento.
Em lugar de considerar Gn 1.28 um mandamento,encare essas palavras como a revelação de uma benção divina. Certamente estão de acordo com as Escritora como um todo. A procriação não é algo que devemos fazer para agradar a Deus, mas , sim,algo que Deus permite que realizemos juntamente com Ele. Todos os bebês são criados por Ele com um proposito singular salmos 139.13-16. É claro que possívéis enjôos matinais,ganho de peso e dificuldade de realizar certas tarefas bem como mudanças de rotina podem lançar uma sombra sobre a geração de filhos, que tem o potencial se ser fonte de grande prazer e alegria. De qualquer modo, ao compartilhar experiência criadora suprema, temos promessa de Deus de que os filhos são uma graciosa dádivas de suas Mãos ( Sl 127 3-5).
Um beijo as grávidas  querida da família.

Um comentário:

  1. Oi amiga, passei para dar um oi, ser mãe é uma grande dádiva, mas não é para qualquer uma eu amo crianças mas não queros er mãe...
    Beijinhos

    ResponderExcluir