Total de visualizações de página

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

TEMPERANÇA: VIRTUDE QUE SE POE NA MESA


Temperança, lembra tempero,temperado e equilibrado, um dos gominhos do fruto do Espírito ao qual refere-se  gálatas cap 6....Virtude a qual eu persigo  a alguns anos, junto com a disciplina e organização e....e....e.. tantas outras virtudes que eu necessito.
Ma a temperança a qual quero me referir é a que temos que ter em relação a alimentação, por exemplo para comer só a quantidade necessária ao momento.
Comer demais é um das maiores burrices da vida, além de ser um desperdício: sobrecarrega a digestão, deixa a mente lenta,engorda,prende o intestino, vira doença.
Ser comedido é comer com sabedoria, não por obrigação ou compulsão. Assim, em vez de escravos, somos senhores de nossos prazeres.
Aprendendo que não é o corpo que é insacíavél A falta de limites dos desejos é que nos condena à insatisfação.

2 comentários: